Pedido de Noivado em NY - Giovanna & Altino



“Eu e o Altino, protagonista da história nos conhecemos há 13 anos (desde 2002), fomos sempre muito amigos e até além disso, sempre tivemos uma forte ligação mas nunca chegamos a namorar. Foi então em 2012 que essa história chegou onde deveria chegar e nos reencontramos de vez, para ser amigos? sempre e ao mesmo tempo jamais, era para ser apenas as vezes, quando não podíamos mais viver um sem o outro e em maio de 2013 iniciamos o nosso namoro e sabíamos que a partir daí seria eterno, que não haveria mais volta, mais ninguém e mais nada, apenas nós dois e a nossa vida juntos. Foram 1 ano e 7 meses de amor, das pessoas não acreditarem como poderiam duas pessoas viverem assim tão grudadas uma a outra e sempre tão apaixonadas, com menos de 5 meses de namoro já nos perguntavam quando iriamos casar, e já fazíamos planos, cada despedida foi ficando mais difícil mesmo que fossemos nos encontrar no dia seguinte, havia planos promessas e uma certeza de querer passar o resto da vida ao lado de quem fez a minha vida ser incrível sempre.
Tínhamos então uma viajem marcada para Nova York em Dezembro com a minha família, como os planos eram de se casar em breve, confesso que torci para que meu desejo se realizasse la, e meu pedido tão sonhado fosse feito (principalmente por ser meu lugar favorito no mundo), mas não quis colocar muita esperança com medo de me frustar e estragar a viagem.
Nossa viagem estava marcada para o dia 25 a noite e na noite anterior, véspera do natal, recebi um pacote das mãos dele, era um envelope, abri sem entender direito o que aquilo significava, e então havia escrito: VALE UMA SESSÃO DE FOTOS EM NYC, na hora eu desmontei, comecei a chorar como uma boba, me emocionei, havia dito uma vez que gostaria de fazer uma sessão de fotos la, mas lembro que quando disse ele não me pareceu dar atenção(tudo parte do plano), então foi algo que nunca imaginei, mas me deixou imensamente feliz e ansiosa, ele disse que eu deveria escolher o lugar das fotos e como eu queria que fosse, solicitei a ele o site dos fotógrafos e comecei, curiosa que sou fazer um monte de perguntas, foi quando ele me disse que não havia site e que era uma fotografa americana bem amadora mesmo e que ele havia gastado todo o inglês dele para combinar, e eu bobona cai direitinho.
Fomos então para nosso destino, porem ele previamente havia dito pra mim que precisaria de 2 horas longe de mim para a minha surpresa de natal (pois combinamos de nos presentear na viagem). Demorou ate ele chegar ao meu encontro e eu abri a porta esperando o pacote grande chegar, quando ele chegou de mãos abanando, fiquei triste e ainda pensei, o que sera que ele comprou que é tão pequeno, o anel ate me veio a cabeça, mas ai ele tirou outro envelope do bolso e perguntou se eu estava pronta para a segunda parte da surpresa e que a terceira só iria acontecer depois, foi quando abri tremula o outro pacote e la havia escrito: VALE UM PASSEIO DE HELICÓPTERO POR NYC, confesso que gostei e não gostei ao mesmo tempo, fiquei com medo, mas foi a justificativa dele das 2 horas longe de mim (só para comprar o anel), ele disse que havia ido ate perto da Estatua da Liberdade (que era longe do hotel) fechar o serviço e por isso demorou tanto a voltar, e eu acreditei novamente, ai pensei então sera que pode ser la? sera que la do alto ele vai fazer a pergunta que esperei minha vida inteira, vendo filmes e sonhando como tudo iria ser?
Nesse momento já havia me esquecido da sessão de fotos que seria no dia seguinte até, lembro que na manhã da sessão a gente discutiu um pouco (segundo ele, propositalmente) fomos correndo nos arrumar para então encontrar os fotógrafos. Encontramos os nossos fotógrafos que de americanos nada tinham, um casal super bacana de uma empresa que eu indico com carinho pra quem quiser fazer um ensaio especial e estiver indo para NYC, de um profissionalismo e simpatia incrível, a OITOMILIMETROS ( www.oitomilimetros.com.br ) foi essencial para o meu dia ser ainda mais inesquecível.
Nos encontramos no central park e começamos nosso lindo ensaio, notei que o Altino estava um pouco nervoso, mas como ele odeia tirar fotos pensei que ele estava apenas tímido e tenso por ter que tirar várias, e lembro de toda hora dizer a ele, relaxa meu amor pensa que estamos só nos dois olha pra mim (bobona eu mal sabia o que estava por vir), fomos então caminhando e procurando os melhores lugares para tirar fotos, todos indicados por mim ou pela Dani e o Flavio da OITOMILIMETROS, porem em um momento foi o Altino que pediu que subíssemos em um lugar alto e mais vazio do parque (o que estava difícil pois nunca tinha visto o Central Park tão cheio), então subimos, lembro da Dani ter me chamado para ver uma foto, e quando virei o Altino havia puxado minha mão e dito que a partir daquele momento tudo seria diferente, dizer que eu me lembro exatamente o que ele disse estarei mentindo, eu não acreditava no que estava acontecendo, foi como se meu corpo estivesse la estático e a minha alma tivesse saído, não acreditava fiquei perplexa e ao mesmo tempo muito feliz, não conseguia falar nem ouvir mais nada, o homem da minha vida quem eu sempre amei e esteve comigo em todos esses anos estava me propondo aquilo que eu sempre sonhei, acho que eu não disse sim, naquele momento ate a lagrima travou, tudo travou no momento em que o vi ajoelhado segurando aquele anel eu não enxergava mais nada somente os olhos dele brilhando por mim, (o riso e o sorriso foram as minhas reações, congelaram ate o final da sessão) e naquele exato momento eu senti Deus ao nosso lado e uma gratidão sem fim, a sensação de um sonho sendo realizado do melhor jeito possível, as lagrimas vieram somente quando chegamos no hotel e a fixa caiu.
Sei que tudo parece conto de fadas e foi, pois esse homem conseguiu ir além de todos os meus sonhos e expectativas, fez a melhor surpresa e me deu o melhor momento da minha vida que eu jamais irei esquecer, sei que muitos momentos virão e que nosso sonho esta apenas começando, mas sem dúvida esse sera inesquecível em mim e em nos dois, fora a oportunidade de termos tudo documentado e um dia podermos mostrar isso aos nossos filhos e ver quantas vezes quisermos.
Por isso, quis dividir com o SAY I DO, que sempre foi meu blog favorito, lia cada coluna nova com sorrisos e lagrimas, imaginando como seria quando acontecesse, comigo, guardava as minhas prediletas, mostrava ao meu noivo e quando aconteceu quis dividir com o blog para que todas as meninas acreditem, que sonhos e desejos se tornam reais sim se acreditarmos de todo o coração que eles podem e vão acontecer, ah e sobre o passeio de helicóptero? Era somente para me despistar, e eu cai direitinho”















Fotos: Oitomilimetros photos em NY